Happy Birthday to Me

Aquele momento que você percebe que passou 23 min da meia noite e que você deu um passo a mais para os 30 anos! kkkk

Mais um ano de vida, mais um explendor de Deus, que me abençoou e me deu oportunidades únicas, cada qual com sua importância. E, ainda que muito eu reclame ou que eu não as tenha aproveitado, sei que ainda reclamarei,ainda ignorarei muitas coisas, mas sei que terei sempre graças…
As tristezas do ano que passou não foram nada, doeram, passaram por mim e foram embora. Mas as alegrias são minhas lembranças eternas: minha família, meus old, best e forever amigos (segunda família) rsrs, meu namo, meus novos amigos, minha vida, minhas novas chances, meus novos dias, meu novo despertar…

Estou pronta para mais um ano, Deus… Viva os 23 e que venha o próximo! Todos terão que me engolir! rsrs

Amor Livre

Porque eu, Aline, amo e defendo qualquer forma de amor…  Defendo o amor do momento, o amor do para sempre, o amor entre homens e mulheres, o amor entre homens e homens, o amor entre mulheres e mulheres, o amor na singela forma que cada um exprime, ao próprio modo…

O amor verdadeiro, perene, aquele não agride, aquele que não julga nem condena, o amor incondicional, o amor dos relacionamentos, o amor que não mata, não fere, o amor humilde, o amor vívido.

Porque eu, Aline, amo, amo, amo, ainda que errada, como ser imperfeito, ainda que injusta, ainda que julgando e julgada, busco amar com a alma…

Porque esse amor, o tal ágape tão citado agora, não tem forma certa, não tem jeito certo, só se sente, só se ama, ainda que infinitamente enquanto durar…

Inspirado em um grande amigo,

Inspirado em livros,

Inspirado em Deus…

 

É estranho o quanto as pessoas podem ser facilmente sociáveis. Eu conheci uma garota que me tirou para ser a melhor amiga durante essa festa, até arrisquei dançar um pop, mas, com certeza, não sou muito boa nisso.

 

Amizade é tudo

A Cá sintetiza nossa amizade e carinho de forma mais objetiva do que eu. Confesso que é por gostar de histórias que sempre me lembro das nossas, por serem as melhores.

Assim como muitas pessoas eu queria ver um filme de tudo, seria algo como “As aventuras de…” – “Um filme baseado em fatos reais, tirem as crianças da sala”.

O post dela é o resumo de alguns – muitos – do meu blog, dentre o clássico e inesquecível “A fuga do camburão”.

Continuar lendo

Outflow

Fico indignada com certas coisas: nuca assisto JN, quando assisto, vejo outra barbárie contra homossexuais. É um absurdo esse tipo de coisas. Eu retomo à minha opinião do post do dia 28, a visão é a mesma. E a isso chamamos de seres humanos? A isso o Brasil ainda não inventou medidas para punição de tais atos que contrariam os direitos do homem de livre escolha. Artigo 5º da Constituição: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes” (íntegra em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituiçao.htm).

Vejo que os agressores de hoje não pensam nos filhos de amanhã e coitado dos filhos. Não julgo ninguém, quem sou eu para fazer algo assim? Mas como fechar os olhos para tais ações? A cada dia a violência se propaga pelas ruas e atingem os cidadãos de bem. Sei que isso nunca vai acabar porque a semente já foi plantada, mas imagino que poderia ser com meus amigos, pessoas que amo… Todo o ser humano tem direito de ser feliz independente do que for. Para que cultivar o ódio?

Absurdo, absurdo, absurdo…

To the company of my friends and to the party of this weekend

O churras na noite de sábado – com direito à drinks super elaborados pelos queridos Elizeu, Jhow e minha chara Aline – foi o máximo. Com direito a danças como “Põe, Põe” do É o Tchan, “Lua de Cristal” da Xuxa e “Maluco Beleza” do Raul, rolou muita loucura, Truco e boas gargalhadas, além de porres memoráveis, a Thais que o diga…

A bagunça foi tanta que sobrou para um repeteco no domingo após a arrumação da casa da Dani onde o pessoal ralou muito. Almoço com batidas, cervejas, churras e muito, mas muito alho…

****

Saturday the first part, Sunday part two…

Pass the weekends with friends is only gladness…

I love it all…

Let’s say that “ht” are represented by white …