Amor Livre


Porque eu, Aline, amo e defendo qualquer forma de amor…  Defendo o amor do momento, o amor do para sempre, o amor entre homens e mulheres, o amor entre homens e homens, o amor entre mulheres e mulheres, o amor na singela forma que cada um exprime, ao próprio modo…

O amor verdadeiro, perene, aquele não agride, aquele que não julga nem condena, o amor incondicional, o amor dos relacionamentos, o amor que não mata, não fere, o amor humilde, o amor vívido.

Porque eu, Aline, amo, amo, amo, ainda que errada, como ser imperfeito, ainda que injusta, ainda que julgando e julgada, busco amar com a alma…

Porque esse amor, o tal ágape tão citado agora, não tem forma certa, não tem jeito certo, só se sente, só se ama, ainda que infinitamente enquanto durar…

Inspirado em um grande amigo,

Inspirado em livros,

Inspirado em Deus…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s